Fichamentos


Teses sobre Feuerbach
Karl Marx
marxists.org
Brasil
2010
Acessar fichamento
Subdesenvolvimento e Revolução
Ruy Mauro Marini
Editora Insular
Florianópolis
2013
Acessar fichamento
Capitalismo e subdesenvolvimento na América Latina
Andre Gunder Frank
CEME
Santiago
1968
Acessar fichamento
'A crise teórica' in: América Latina: integração e democracia
Ruy Mauro Marini
Editorial Nueva Soci
Caracas
1993
Acessar fichamento
Estudo Econômico da América Latina
Raúl Prebisch
CEPAL/ONU
Santiago
1949
Acessar fichamento


voltar

INSTANTE DE REFLEXÃO... (Aperte a tecla F5 para obter uma outra frase.)

"No Tibete (na época em que dominavam os dalai-lamas), a única coisa pior que um servo era um 'escravo pessoal' que nem sequer tinha direito a cultivar nenhuma cultura para si próprio. Estes escravos eram frequentemente espancados, obrigados a passar fome e a trabalhar até à morte. Um amo podia transformar um servo em escravo quando quisesse. Na capital do Tibete, Lhasa, havia rotineiramente crianças a ser compradas e vendidas. Cerca de 5% dos tibetanos eram considerados escravos pessoais. E pelo menos outros 10% eram monges pobres que na realidade eram 'escravos em túnicas'. (...) O sistema lamaísta tentava impedir qualquer fuga. Os escravos foragidos não podiam ir simplesmente estabelecer-se nas vastas terras vazias. Alguns ex-servos explicaram à escritora revolucionária Anna Louise Strong que, antes da libertação, 'Não se podia viver no Tibete sem um amo. Seríamos apanhados como criminosos a não ser que tivéssemos um dono legal'."
(Mike Ely. In: 'A Verdadeira História da Revolução Maoista no Tibete')

Quantidade de frases atualmente no arquivo: 1.572 ::::::::::::::::::::::::: Última Atualização: 10/02/2021.