Artigos do professor

Chamamentos à participação política

Artigos teóricos

  1. Geoengenharia é capitalismo de desastre: Os furacões Irma, Katia e José são criações do autoritarismo de mercado - 10/09/17
  2. Bicho de sete cabeças - 09/04/17
  3. A Lava a Jato e a mídia seguem desconstruindo a democracia e o Estado no Brasil - 20/11/16
  4. É preciso destruir o ovo da serpente - 05/05/16
  5. A III Guerra mundial: mundo unipolar x mundo multipolar? - 05/04/16
  6. Como assim 'mundo sem partido'? - 02/01/16
  7. O agronegócio é desprezo à vida - 23/05/14
  8. A incrível atualidade do Manifesto do Partido Comunista (1) - 05/05/14
  9. A escravidão e a so(m)bra do tempo - 12/01/14
  10. Estudo introdutório ao modo de produção capitalista - 04/11/13
  11. Combater a política neoliberal de Cabral e Risolia e defender o SEPE-RJ - 02/10/13
  12. Carta à população sobre a greve 2013 - 09/09/13
  13. O neoliberalismo tende a desaguar no pântano nazi-fascista (1) - 20/08/13
  14. Darwinismo, não! Darwinismo, sim! - 05/11/12
  15. Outras palavras - 20/06/12
  16. A estória de uma aluna universitária como tantas outras - 14/02/12
  17. O mundo segundo os lunáticos - 15/10/11
  18. Sociologia: Uma ciência dividida
  19. Natasha: novo caso de isolamento social, na Rússia, estarrece o mundo
  20. Escola e ensino públicos de qualidade versus o discurso totalitarista da "qualidade total"
  21. Identidade e sofisma: a base filosófica da pretensão pós-moderna
  22. Pereira Passos: vida e obra - em co-autoria com Manoel Carlos Pinheiro.
    Publicado pela Revista Digital "Estudos Cariocas" - da Prefeitura do Rio.
  23. Pereira Passos: vida e obra - em co-autoria com Manoel Carlos Pinheiro.
    Publicado pela Revista Digital de Antropologia Urbana "Os Urbanitas" nº 4 (publicado em 2006).

Artigos jornalísticos e opinativos

cartas e bate-papos

crônicas sociais

INSTANTE DE REFLEXÃO... (Aperte a tecla F5 para obter uma outra frase.)

"Em Auschwitz centenas de prisioneiros ter-se-ão rebelado em 1944. Mataram guardas e fizeram explodir um dos edifícios onde funcionavam as câmaras de gás e os fornos crematórios, usando granadas trazidas de uma fábrica de armamento onde trabalhavam.
Calcula-se que cerca de 700 prisioneiros tenham tentado fugir de Auschwitz. Menos de metade terão tido êxito."
(avante.pt. In: 'A 27 de Janeiro de 1945, Soviéticos libertaram «Fábrica da Morte»', publicado em 26/01/12. In: http://avante.pt/pt/1991/temas/118503/)

Quantidade de frases atualmente no arquivo: 1.505 ::::::::::::::::::::::::: Última Atualização: 10/10/17.